PUBLICIDADE
Jornal

PRODUÇÃO

Segundo a Adece, o Ceará deixaria de importar fosfato se a mina de urânio de Itataia fosse explorada, e a produção de fertilizantes abasteceria as regiões Norte e Nordeste.

TAGS